CUNHA PEREIRA FILHO

Destituição do incorporador em caso de atraso na entrega de imóvel na planta

CUNHA PEREIRA FILHO

Blog

Destituição do incorporador em caso de atraso na entrega de imóvel na planta

A destituição do incorporador em caso de atraso de imóvel na planta, ou em fase de construção mais adiantada é um mecanismo pouco utilizado ou talvez desconhecido, de muitos adquirentes de imóveis.

Caso o incorporador, sem justa causa, paralisar a obra por mais de 30 dias, poderá ser notificado pelo juiz para que reinicie a obra.

Tal mecanismo permite a proteção de interesses do adquirente do imóvel, e que a obra seja concluída.

Saiba mais no vídeo abaixo!

Em caso de dúvidas, conte com advogados especialistas em direito imobiliário e conheça seus direitos.

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp